adocica:

empathv:

Counterparts // Debris

yups

Fonte: empathv

tastefullyoffensive:

Artist Telmo Pieper Repaints His Own Childhood Drawings

Alguém vê um horizonte?

Alguém vê um horizonte?

Em período eleitoral?  Não me convém.

Em período eleitoral? Não me convém.

Woohoo! My photo above has been chosen for a selection of São Paulo’s Futebol Museum. The best photos will be part of a permanent collection, and also part of an  official expo! I’d be very glad if you help me with some likes there :)


Woul!! Minha foto foi escolhida para uma seleção que está sendo feita pelo Catraca Livre em conjunto com o Museu do Futebol, e pode fazer parte de uma exposição oficial do Museu! :)
Há sem dúvidas, outras fotos muito mais bem feitas e mais expressivas, mas adoraria se pudessem me apoiar dando alguns likes! :D

___________________________________________________________
aquitemfutebol:

Onde as estrelas nascem.

Woohoo! My photo above has been chosen for a selection of São Paulo’s Futebol Museum. The best photos will be part of a permanent collection, and also part of an official expo! I’d be very glad if you help me with some likes there :)

Woul!! Minha foto foi escolhida para uma seleção que está sendo feita pelo Catraca Livre em conjunto com o Museu do Futebol, e pode fazer parte de uma exposição oficial do Museu! :) Há sem dúvidas, outras fotos muito mais bem feitas e mais expressivas, mas adoraria se pudessem me apoiar dando alguns likes! :D

___________________________________________________________

aquitemfutebol:

Onde as estrelas nascem.

grifeinumlivro:

Eu Me Chamo Antônio. Pedro Gabriel(via Vinicius Felix)

grifeinumlivro:

Eu Me Chamo Antônio. Pedro Gabriel(via Vinicius Felix)

When propaganda meets reality!

When propaganda meets reality!

Fonte: tarassein

Frida

Orelha erguida em alerta
Outra caída por falta de opção
Não sabe se fica desperta
Ou sabe que é tudo em vão

O sono de um olho aberto
O ronco de uma boca fechada
A companhia sempre discreta
No conforto de uma cama apertada

Como não ver teus tantos defeitos
Ou como não amar tua perfeição
Tão incoerente essa tal de Frida
Que não sabe se é gente
Ou se esquece que é cão.